FHC faz uma doação a sheik milionário do Qatar

Acusado pelos amigos de transportar um escorpião no bolso, Fernando Henrique Cardoso considera-se injustiçado. De passagem pelo Qatar, deu uma prova do seu desapego à pecúnia. Fez uma doação ao multimilionário sheik Faisal al-Thani.

 

Dono de uma das maiores fortunas do planeta, o sheik Faisal é um colecionador notável. Mantém as peças de sua coleção –roupas, livros, automóveis e um interminável etc.— num museu particular. Faltava-lhe no acervo uma nota de Real.

 

Não falta mais. FHC doou ao sheik um exemplar da moeda que ajudou a criar como ministro da Fazenda de Itamar Franco. Puxou do bolso uma nota de R$ 2. Parece pouco. Mas quem convive com o escorpião sabe: o dar dói. E o chorar não devolve.

 

Para não dizerem que perdeu a cabeça, FHC saiu do encontro com o sheik em vantagem. Recebeu dele um vistoso traje árabe. De resto, beliscou na viagem honorários do Itaú Unibanco.

 

O ex-presidente foi ao Oriente Médio a convite da casa bancária. Fez palestras a potenciais investidores no Brasil. Na sua página no Facebook, FHC expôs as fotos e uma reportagem que o levou às páginas do ‘The Gulf Times’, jornal do Qatar.

 

Quer dizer: descontada a generosidade com o sheik Faisal, a aventura das arábias de FHC resultou num empreendimento lucrativo. Na volta, já pode se dar ao luxo de pagar um almoço aos amigos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s