Dilma quer tirar Carlos Lupi do comando do PDT

Dilma Rousseff chamou para uma conversa subterrânea o ministro Brizola Neto (Trabalho). Deu-se há coisa de dez dias. A presidente pediu ao interlocutor que “conquiste” o PDT. Deseja apear do comando da legenda o ex-ministro Carlos Lupi.

 

Afastado da Esplanada numa das vassouradas de Dilma, em dezembro do ano passado, Lupi reassumiu no mês seguinte a presidência do PDT federal. Opôs-se à nomeação de Brizola Neto. Mas Dilma deu de ombros.

 

Desde então, Lupi olha para Dilma de esguelha e,comporta-se como um aliado de dois gumes. Simula apoio ao governo. Mas flerta com projetos alternativos. Já mantinha com Aécio Neves, o presidenciável do PSDB, um diálogo fluido.

 

Nos últimos meses, achegou-se também ao governador de Pernambuco e presidente do PSB, Eduardo Campos, que também cultiva o sonho de chegar ao Planalto. Dilma farejou no vaivém de Lupi um cheiro de queimado.

 

Brizola Neto, que já media forças com o desafeto de Dilma pelo controle do PDT no Rio, tomou a encomenda da chefe a sério. Observadores da movimentação do ministro fazem suas apostas.

 

Uma parte avalia que a jovialidade de Brizola Neto, associada ao empurrão de Dilma, atrairá o cacife necessário para escantear Lupi. Outro grupo acha que faltam ao neto de Leonel Brizola experiência e infantaria para se contrapor à matreirice do rival. A ver.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s