Seca, cheia e apagão estragam férias de Dilma na BA

4guj6yf5q3247dga3jdy6yy85

O descanso da presidenta Dilma Rousseff na Bahia não tem sido dos mais tranquilos. As voltas com as notícias sobre a possibilidade de

 

racionamento de energia, nesta segunda-feira (7), a presidenta conversou por telefone, por duas vezes, com o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão. O ministro presidirá a reunião de emergência do setor elétrico convocada para quarta-feira.

 

O descanso de Dilma também foi atrapalhado pela cheias que causaram estragos em municípios do Rio de Janeiro, localizados na região serrana do Estado e na baixada fluminense.

 

Da Bahia, a presidenta ordenou que o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra,definisse as ações junto com o governador do Rio, Sérgio Cabral.

 

Dilma determinou também que o Ministério repassasse mais R$ 500 milhões, por meio da linha emergencial de crédito operada pelo Banco do Nordeste, para os Estados atingidos pela estiagem.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s