Portos: Campos diz que Brasília não dará lições

EduardoCamposPaulinhoDivulgacaoEm boca fechada não entra mosca, diz o brocardo. Nem pavê de chocolate, retrucaria Eduardo Campos, cujos lábios, em fase de irrefreável descolamento, parecem ter descoberto o gosto doce da crítica. Conforme noticiado o governador pernambucano recebeu o deputado Paulinho (PDT-SP) e um grupo de sindicalistas da Força Sindical. Firmaram um pacto contra a MP dos Portos, em tramitação no Congresso desde dezembro.

 

Ficou combinado que o presidenciável do PSB acionará a bancada de Pernambuco para retirar da MP de Dilma Rousseff o que Paulinho e sua turma chamam de usurpação de direitos dos portuários. E o mandachuva da Força Sindical incluirá na pregação da sua tropa a defesa da autonomia dos governadores sobre os portos assentados nos seus Estados –o que inclui o combate à transferência das licitações para Brasília.

 

Após reunir-se com Paulinho e Cia., Campos falou aos repórteres. Refutou o argumento do Planalto de que seria mais rápido fazer as licitações na capital. Disse que Brasília administra “há muitos anos dezenas e dezenas de portos que são infinitamente mais ineficientes do que Suape”, o atracadouro de Pernambuco.

 

E concluiu, sem medo das moscas: “Como é que o porto público mais eficiente do Brasil poderá tomar lição com quem há décadas gere portos mais ineficientes? Entre a palavra e o fato, eu fico com o fato.” Paulinho serviu ao governador uma fatia de pavê. Fez isso ao estimular suas pretensões presidenciais.

 

Aos repórteres, Paulinho disse considerar “importante” que Eduardo Campos dispute a Presidência em 2014. “Ele mostrou seu trabalho, é governador pela segunda vez, elegeu prefeito, tem prestígio no Nordeste todo, enfim, é importante que ele se coloque como candidato.”

 

Para não parecer que levanta âncora antes da hora, Paulinho simulou comedimento. “Só quem está em campanha é a Dilma. Consideramos um erro a presidente fazer campanha faltando dois anos para a eleição. Estamos preocupados com as pautas.”

 

Informou que, em 25 de março, Campos fará palestra em evento promovido pela força Sindical em São Paulo. Sobre o quê? “Ele vai falar dos problemas do Brasil e como podem ser resolvidos”. Ah, bom! Convém bater um inseticida no auditório. Vai que aparece uma mosca.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s