Fome da federação leva Mantega ao Congresso

MantegaAntonioCruzABr

No final da tarde desta terça-feira, véspera da reunião dos governadores no Congresso, o ministro Guido Mantega descerá a Esplanada para reunir-se com os presidentes do Senado e da Câmara, anfitriões do encontro. Ciente de que os executivos estaduais chegam a Brasília com “fome” de recursos, o titular da Fazenda deve mostrar a Renan Calheiros e a Henrique Alves as limitações do cardápio.

 

Se pudesse resumir sua inquietude com um adágio, Mantega provavelmente diria aos governadores: “Em casa de pobre, todos gritam e ninguém tem razão”. Completaria: “Ninguém, exceto a União.” E os governadores gritariam de volta: “O que é do homem, o bicho não come.”

 

Os primeiros governadores desembarcam na Capital já nesta terça. Entre eles Eduardo Campos (PE), Jaques Wagner (BA) e Antonio Anastasia (MG). Devem se reunir para tentar unificar o discurso em torno de um lote mínimo de propostas. Todos parecem achar que o Brasil é mesmo uma nação ampla e cada vez mais confortável. O serviço da dívida dos Estados é que é péssimo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s