Eduardo Campos : crise reclama ‘nova agenda’

EduardoCamposAlanMarquesFolha2

Eduardo Campos, o presidenciável do PSB, discursou nesta sexta-feira no 57º Congresso Estadual de Municípios paulistas, na cidade de Santos. Recepcionado por uma claque partidária que o lançou ao Planalto, o governador pernambucano disse: “2014 só em 2014”. Porém, pronunciou um discurso impregnado de sucessão.

 

Apresentado-se como o “novo”, Eduardo repisou um bordão que lançará semanas atrás num encontro com empresários, em São Paulo: “o Brasil precisa fazer mais.” O quê? O candidato não diz. Disse coisas definitivas sem definir muito bem as coisas. Vão abaixo três comentários do candidato:

 

1. “Nós vivemos em um tempo novo e precisamos pensar numa nova agenda, porque o mundo está pensando uma nova agenda. A crise que sacudiu os Estados Unidos, está chegando ao Brasil. Há novas pactuações comerciais sendo feitas e não podemos ficar sem posicionar o Brasil na posição que devemos posicionar.”

 

2. “Precisamos de uma pauta estratégica que devolva a economia brasileira à produtividade que precisamos para competir. Precisamos investir mais em educação, ciência e tecnologia, mas não só no discurso.”

 

3. “Está na hora de termos a consciência de que o Brasil melhorou muito, mas dentro deste país ainda tem mais sonhos e mais direitos que este país ainda não conseguiu legar aos brasileiros”.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s