Justiça bloqueia R$ 520 mi da empresa de Maluf

ImagemA pedido do Ministério Público, a 4ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo determinou o bloqueio de parte dos bens da Eucatex, empresa da família Maluf. Coisa de R$ 520 milhões.

 

Por quê? Para assegurar que o erário seja ressarcido quando Paulo Maluf (PP-SP) for condenado em termos irrecorríveis nos casos de desvios de verbas na prefeitura de São Paulo.

 

A providência foi requerida depois que a Promotoria farejou uma migração financeira da Eucatex para outra empresa, a ECTX. Em julho do ano passado, a firma dos Maluf transferiu para a escrituração da outra logomarca R$ 320 milhões de seu patrimônio.

 

O Ministério Público farejou na operação um quê de “defraudação do patrimônio”. No português das ruas: fraude. Lipoaspirando a caixa da Eucatex, a família Maluf manteria o patrimônio fora do alcance das autoridades. A empresa negou. Ainda assim o bloqueio foi decretado. Vêm aí os recursos. Vai durar?

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s