LDO prevê salário mínimo de R$ 719 em 2014 e crescimento da economia de 3,5%

O Ministério da Fazenda reduziu de 4,5% para 3,5% a previsão oficial de crescimento da economia neste ano. A estimativa consta do projeto da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2014, enviada hoje (15) pelo Executivo ao Congresso Nacional.

 

O texto prevê um salário mínimo de R$ 719,48 no próximo ano, um reajuste de pelo menos 6,12%.

 

Apesar de o projeto da LDO ser divulgado pelo Ministério do Planejamento, os parâmetros para a economia são elaborados pela Secretaria de Política Econômica do Ministério da Fazenda. A estimativa anterior, de 4,5% para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB, soma de todos os bens e serviços produzidos no país) em 2013, constava do Orçamento Geral da União deste ano, sancionado no início do mês pela presidenta Dilma Rousseff.

 

Em relação à inflação oficial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), o projeto prevê variação acumulada de 5,2% em 2013 e 4,5% em 2014. As previsões da Fazenda, no entanto, são mais otimistas que as do Banco Central. No Relatório de Inflação, divulgado no fim de março, a autoridade monetária prevê que a economia cresça 3,1% em 2013 e que a inflação feche o ano em 5,7%, e atingindo 5,3% em 2014.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s