2014 está próximo de ser o ano mais quente da história

O ano de 2014 pode desbancar 2010 e ser o mais quente da história do planeta. À exceção de fevereiro, todos os meses do ano até agora bateram recordes de temperatura, tanto em terra como nas superfícies dos oceanos. As estimativas são da agência americana de estudos meteorológicos Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA).

Sobre os dados registrados até setembro, a maior influência vem dos oceanos. Neste ano, o fenômeno El Niño novamente operou sobre a Terra e provocou o aquecimento anormal das águas, alterando a dinâmica atmosférica e estabelecendo altas temperaturas. Ao todo, já são 354 meses consecutivos — quase três décadas — com temperatura acima da média global do século 20 (13,9°C).

Segundo o relatório divulgado nessa terça-feira (28) pela Organização Mundial de Meteorologia, os efeitos do El Niño ainda vão influenciar as temperaturas em 2015, o que é uma péssima notícia para as regiões Sudeste e Nordeste do país, por exemplo, que podem permanecer sofrendo com a seca.

Os índices também preocupam representantes do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma). Apesar do aquecimento da Terra ser um evento natural e cíclico, que ocorre há muitas eras, a velocidade com que isto tem acontecido não permite que o planeta se adapte às novas temperaturas. A projeção ideal, de acordo com o Pnuma, para retardar estes dados, seria limitar o aumento médio da temperatura/ano a 2ºC até 2100.

Tribuna do Norte

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s