Ricardo Motta e Robinson Faria tem disputa à parte na AL

ricardo e robinson

Entre interlocutores muito próximos, o atual presidente da Assembleia Legislativa e deputado reeleito, Ricardo Motta (PROS), contabiliza 14 votos para ratificar novo biênio na presidência. São 24 votos por lá.

O governador Robinson Faria (PSD) só elegeu seis deputados estaduais.

É uma questão de honra, para Robinson, fazer o presidente. E uma questão política, a maioria na Casa. Ele caminha com grandes possibilidades de conseguir os dois feitos.

Motta sabe que Robinson não o perdoa por ter sido escanteado durante a gestão de Rosalba Ciarlini (DEM), após viabilizá-lo como presidente da AL.

O troco pode vir agora.

Margem de manobra

Com o poder na mão, o governador eleito tem enorme margem de manobra para atrair mais nomes à sua bancada e fazer o presidente.

Hoje, esse nome em seu bolso é o do deputado reeleito Gustavo Carvalho (PROS), que está – ainda – na bancada adversária.

Até fevereiro, quando haverá eleição, o governador eleito precisará de no máximo mais uns seis ou sete deputados para ter maioria e a presidência.

São três meses até lá.

Se conseguiu 877.196 votos em pouco mais de três meses, não deverá ser muito difícil obter sete votos a mais na Assembleia Legislativa, que já presidiu várias vezes.

Carlos Santos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s