‘Conversar não arranca pedaço’, declara Renan

Renan CalheirosDiz-se que o governo de Dilma Rousseff não se entende com seus próprios aliados. Bobagem. Na verdade, eles já nem se falam. Ouça-se, a propósito, o que disse um protogovernista Renan Calheiros, presidente do Senado:

“Definitivamente, precisamos conversar. Essa interlocução precisa estar mais presente de lado a lado. A construção de uma grande convergência, de uma agenda nacional, a criação de um momento novo de união nacional precisa de conversas de lado a lado. Mesmo que as pessoas não concordem em algumas coisas, elas precisam conversar. Conversa, todos sabem, não arranca pedaço.”

Nesta quinta-feira, a pedido de Dilma, o ministro Aloysio Mercadante começou a conversar. Em reunião com o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, o chefe da Casa Civil pediu cautela na votação de propostas que elevem os gastos do Tesouro. O diabo é que, para Renan, reunião que não tem a participação dele não vale.

Josias de Souza

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s