Em debate sobre a questão ambiental Modesto Neto critica política agrária da Dilma na UFRN em Caicó

29O Centro Acadêmico Roldão Gurgel Diniz (CARGD) do Curso de Direito do CERES/UFRN realizou o debate “A Questão da Água no Semiárido Brasileiro” que contou com o professor Robério Paulino do Departamento de Políticas Públicas da UFRN e o engenheiro agrônomo Damião da ASA Brasil nesta terça (25).

Modesto Neto que é dirigente do PSOL – Angicos/RN e membro-dirigente do Coletivo Darcy Ribeiro que congrega acadêmicos e militantes políticos da esquerda também participou do debate e fez duras criticas ao Governo Federal e sua política agrícola.

“No Brasil nós temos o Ministério da Agricultura que trata com meia dúzia de empresas do agronegócio e tem um orçamento vultoso, já o MDA que trabalha com mais de 10 milhões de agricultores familiares tem uma cifra risível de orçamento. É preciso inverter a prioridade, mas o Governo Federal tem pecado na política agrária” – afirmou Modesto.

Sobre a possibilidade de Kátia Abreu assumir o Ministério da Agricultura, Modesto Neto, foi ainda mais enfático. “Ela [Kátia Abreu] é a rainha da motosserra  e do desmatamento, o espirito do agronegócio, o braço na defesa do latifúndio. Uma líder ruralista na Agricultura é o maior erro da Dilma neste começo de mandato. Não é a toa que o MST tá na rua.” – sentenciou.

Angicos Notíciashttp://www.angicosnoticias.blogpsot.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s